como escrever um livro, como fazer um livro, como começar a escrever um livro, criar ebook, como fazer um livro digital, como fazer um ebook, dicas para escrever um livro, como escrever um livro de sucesso, como escrever um livro passo a passo

Como Escrever um Livro Prático Passo a Passo em Apenas 7 Dias

Neste artigo gostava de partilhar consigo uma fórmula que o ajudará a escrever um livro prático em 7 dias.

Vou mostrar-lhe a maneira mais rápida e eficaz, que fará com que o trabalho necessário seja menos assustador do que parece…

Sem que precise de ser um escritor profissional!

E em 7 dias terá criado um livro que estará pronto para vender (ou oferecer, como veremos mais à frente).

como escrever um livro, como fazer um livro, como começar a escrever um livro, criar ebook, como fazer um livro digital, como fazer um ebook, dicas para escrever um livro, como escrever um livro de sucesso, como escrever um livro passo a passo

E melhor: esta fórmula pode ser usada não só para livros…

Pode usá-la para criar qualquer tipo de infoproduto como cursos online, vídeos instrucionais, eBooks, guias PDF, ou mesmo para apresentações!

Os infoprodutos são especialmente importantes, uma vez que são a maneira mais fácil de aumentar a sua oferta…

A sua escada de valor, discutida neste artigo.

Ou seja, aumentar a sua variedade de produtos/serviços, para que possa ter algo para oferecer (tanto grátis como pago) a clientes e potenciais clientes nos diferentes estágios do funil de vendas

E não depender apenas de um produto/serviço (o seu core).

Muitos dos seus potenciais clientes não estarão preparados para comprar o seu produto mais caro, e quererão ver resultados antes de se comprometerem totalmente consigo.

E é aqui que os “lead magnets” e os produtos de baixo risco de entrada entram (passo a redundância)…

Não havendo formato melhor do que info-produtos!

Nas próximas linhas irei mostrar-lhe a fórmula que fará com que consiga criar um livro ou qualquer tipo de infoproduto em apenas 7 dias…

Esta fórmula evita que tenha o síndrome de “ecrã branco”, olhando para uma página vazia, sem qualquer ideia de por onde começar.

Antes de avançarmos, gostava que pensasse na seguinte “mantra”:

“A perfeição é a inimiga do progresso”

Como discutido neste artigo, a vasta maioria das pessoas não termina aquilo que começa…

Ou simplesmente evita sequer começar algo que quer fazer, exatamente devido à ideologia da “perfeição”.

Se quiser escrever um livro e tentar ser perfeito, simplesmente nunca o terminará.

E pior! Se tentar criar a frase perfeita, a estrutura perfeita, ou o conceito perfeito, a sua verdadeira mensagem não passará.

O segredo está em começar a escrever, usando a fórmula que descreverei de seguida, deixando que os dedos transmitam o que vai na sua alma.

Lembre-se: no final você pode sempre voltar atrás e rever o que for preciso.

Mas a prioridade número 1 será simplesmente acabar o livro o mais rapidamente possível!

Você não precisa de um livro perfeito. Você precisa simplesmente de um livro.

E neste caso vamos focar-nos em criar um livro prático, ou seja, um livro que distribui informação (ex: “Como fazer X”).

Mas antes disso, comecemos pelas bases essenciais:

Escreva um Livro que a Sua Audiência Quer Ler

como escrever um livro, como fazer um livro, como começar a escrever um livro, criar ebook, como fazer um livro digital, como fazer um ebook, dicas para escrever um livro, como escrever um livro de sucesso, como escrever um livro passo a passo

Se quiser escrever um livro de sucesso, é essencial conhecer o seu segmento de mercado a fundo.

Neste artigo falo da importância de saber quem é exatamente o seu público-alvo, e quais são os seus objetivos, medos, anseios, desejos e frustrações.

Perceber o que o move e quais os seus maiores obstáculos.

Se já tem uma audiência, obter esta informação será bastante fácil:

- Observe as perguntas que fazem quando respondem aos seus emails
- Leia e analise as conversas que têm no seu grupo de Facebook
- Observe o que comentam no seu blog e nas redes sociais
- Faça um questionário e envie para a sua lista de emails

A chave é a comunicação.

Através da comunicação, vai perceber quais os maiores problemas e obstáculos da sua audiência.

Se ainda não tem uma audiência, existem outras soluções escaláveis:

1) Fazer Pesquisa de Palavras-Chave

Use ferramentas como o Google Keyword Planner para descobrir quais as perguntas que as pessoas mais fazem no seu nicho de mercado.

O seu objetivo será ver quais as palavras-chave mais pesquisadas, o que é um sinal claro de uma “necessidade” ou “desejo” comum de um segmento de mercado…

Mas não só:

Será uma preciosa ajuda na altura de definir o título do seu livro.

Imagine que a sua ideia para o título do seu livro é “Como Queimar a Gordura da Barriga em 30 dias”, mas com base na análise de palavras-chave, você descobre que “queimar gordura” tem poucas pesquisas…

Mas que “livrar de gordura” tem bastantes mais.

As duas expressões querem dizer o mesmo, mas com a segunda você estaria a falar a “língua” da sua audiência.

2) Fazer questionários às massas

Crie questionários e partilhe em grupos de redes sociais que sejam relacionados com o seu nicho de mercado.

Faça exatamente a pergunta: “qual é o seu maior problema no que concerne a X” (o seu nicho de mercado).

Com os dados recolhidos, encontrará padrões de palavras que lhe indicarão exatamente quais os seus problemas, e quais as soluções que procuram.

O seu objetivo será conceptualizar um livro “vendável” que foque nas necessidades e desejos da sua audiência, e que ao mesmo tempo vá ao encontro da sua área de especialidade e/ou interesse.

Não Se Limite a Escrever Apenas um Livro

como escrever um livro, como fazer um livro, como começar a escrever um livro, criar ebook, como fazer um livro digital, como fazer um ebook, dicas para escrever um livro, como escrever um livro de sucesso, como escrever um livro passo a passo

Como descrito neste artigo, defendo que todos nós nos devemos tornar em empresas de meios de comunicação.

Ou seja, tornar-mo-nos máquinas de produção de conteúdo e estar presentes em todas as formas de comunicação: texto, vídeo e áudio.

Portanto, sugiro o seguinte:

Em vez de escrever o seu livro, grave a sua voz.

Mas porquê?

Bom, por várias razões.

A melhor maneira de criar conteúdo é gravar os seus pensamentos.

Simplesmente carregue no botão de gravar e comece a falar sobre o tema em questão.

Muitas pessoas pensam que não conseguem escrever por não serem escritores…

Mas se simplesmente gravarem os seus pensamentos, o seu raciocínio sairá com mais facilidade, e mais tarde poderá simplesmente transcrever aquilo que gravou (ou contratar um assistente virtual que o faça por si).

Por outro lado, ter o seu livro gravado em voz irá dar-lhe muito mais flexibilidade em relação àquilo que quer vender…

Uma vez que poderá usar vários meios de comunicação a partir de um só: voz para texto, voz para vídeo…

Por que não ter 3 produtos para vender, em vez de apenas um?

Aumentará a sua variedade de produtos, e dar-lhe-á a possibilidade de criar upsells ou bónus para os seus potenciais clientes.

A maioria das empresas não têm esta variedade, e você terá a possibilidade de se diferenciar ao criar os 3 produtos de uma só vez.

No entanto, se preferir escrever, escreva!

Haverá sempre a possibilidade de criar produtos adicionais a partir do seu livro, como por exemplo gravar-se a rever capítulos do seu livro, e a explicar a fundo alguns dos conceitos (dica!).

Bom, com isto, avancemos então para a fórmula mágica!

Dicas Para Escrever Um Livro Prático Passo a Passo

como escrever um livro, como fazer um livro, como começar a escrever um livro, criar ebook, como fazer um livro digital, como fazer um ebook, dicas para escrever um livro, como escrever um livro de sucesso, como escrever um livro passo a passo

Chegou o momento da verdade.

Está na altura de escrever o seu primeiro livro (ou qualquer outro tipo de info-produto)!

Não se preocupe. Não precisa de ser um livro de 200 páginas.

Pode perfeitamente ter 60, 100 ou mesmo 20 páginas!

Pouco interessa.

O que interessa é que o conteúdo do seu livro ajude de facto a resolver o maior problema da sua audiência.

Se para o fazer precisar de apenas 20 páginas, perfeito!

Se precisar de mais contextualização, escreva as páginas que forem precisas para passar a sua mensagem de forma eficaz.

O que interessa é de facto a resolução do problema, e não a quantidade de páginas.

E quanto maior for o problema que o seu livro ajude a resolver, mais caro poderá ser (mais valor = maior preço).

A fórmula que se segue irá fazer com que organize a sua informação rapidamente, ao mesmo tempo que ajudará a sua audiência a digerir essa mesma informação…

De forma divertida e interessante, sem precisar de ser um escritor profissional!

O segredo está de facto em criar conteúdo interessante e relevante.

E não se preocupe: tenho também uns truques para tornar o seu livro interessante, sem precisar de ser um José Saramago (benefícios do copywriting!).

Nos dias 1 e 2, escreva a introdução e a secção 1.

Depois, nos dias 3 e 4, desenvolva a secção 2 do seu livro (onde está o core da sua solução).

Nos dias 5 e 6, escreva a secção 3, onde se focará na conclusão.

E finalmente, no último dos 7 dias, reveja todo o seu material e faça os arranjos necessários.

Como dito atrás, não se preocupe demasiado em fazer o livro perfeito.

Simplesmente escreva!

Existe sempre a possibilidade de no final enviar para um assistente virtual que edite o conteúdo.

Mas nestes 7 dias, foque-se inteiramente em escrever!

Vejamos então a fórmula para o seu próximo livro de sonho:

Prefácio

Apesar de não precisar de um, ter um prefácio escrito por uma terceira pessoa traz grandes vantagens.

Não se preocupe, não precisa de ser de um grande nome ou personalidade.

Basta ser alguém que seja um “expert” no tópico.

Irá surpreender-se com a facilidade que as pessoas aceitarão escrever uma página para o seu livro!

E fará com que o seu livro pareça ainda mais profissional, validado por uma terceira pessoa.

Introdução

A maior parte das pessoas desvalorizam a introdução dos seus livros, mas nós vamos tirar o máximo benefício desta secção.

A sua introdução servirá 3 propósitos:

1) Reforçar e expôr o problema do leitor.

Muitas pessoas não têm ideia do quão grave ou importante é o seu problema.

O seu objetivo aqui será expandir o problema, expondo factos que criem a sensação de que o leitor tem que continuar a ler.

2) Mostrar a situação futura que o leitor alcançará quando resolver o seu problema

Aqui o objetivo é mostrar o quão melhor será a vida do leitor, depois de aplicar as soluções descritas no seu livro.

Tente fazer com que seja apenas uma grande ideia.

Será mais fácil fazer com que seja credível e possível na mente do leitor.

Fazendo isto fará com que no seu subconsciente o leitor queira continuar a ler para descobrir como poderá alcançar esse futuro.

3) Mostre ao leitor o que pode esperar do livro

Quando as pessoas estão preparadas para a informação que aí vem, estão mais propensas a continuar a ler.

O que as pessoas não gostam é do inesperado e desconhecido, pelo que é crucial fazer com que se sintam confortáveis.

Secção 1: Expandir o Problema e Mostrar o Futuro

A primeira secção do seu livro terá 4 mini capítulos, e trata-se de uma versão extensa da sua introdução.

Terá mais factos e irá expandir mais sobre o tópico.

Dica: Comece cada capítulo de cada secção com uma citação de uma personalidade.

O ideal é expandir essa citação como uma história curta (à lá Tim Ferris)...

O que fará com que convide o leitor a usar a sua imaginação antes de consumir os factos.

Nota: os títulos dos capítulos aqui expostos são apenas exemplos para lhe dar uma ideia.

Capítulo 1: “Você Consegue!”

Não se trata do título em si, mas do conceito.

Aqui o objetivo é enfatizar que qualquer pessoa que tenha um desejo forte, consegue alcançar os seus objetivos…

E que depois de o fazer, a sua vida será incrivelmente melhor.

Capítulo 2: “Aqui Está a Razão Pela Qual Tem que Fazer Isto”

Aqui vai reforçar a necessidade de agir.

Leve aquilo que escreveu na sua introdução um passo mais além, e inclua novos dados e factos que transmitam a real necessidade de agir.

No final, repita o quão melhor a sua vida será.

Capítulo 3: “Por Que X Tem Sido Tão Confuso Até Agora”

Este capítulo tocará numa das técnicas mais eficazes de copywriting: "atirar pedras" ao inimigo comum (comunicação social, medicina, política, etc).

Ao fazê-lo, irá desculpabilizar o leitor pela sua situação, e criar uma sensação de inclusão.

Esta técnica funcionará ainda melhor se usar a sua própria história, em como passou exatamente pelo mesmo…

Criando rapport e aumentando a confiança na sua solução.

Capítulo 4: “A Sua Vida Depois da Solução”

Aqui irá de novo criar uma imagem vívida sobre como a vida do leitor será depois de aplicar os métodos do seu livro.

Crie essa imagem através de 3 maneiras:

1) Mostre como a vida será melhor no futuro

2) Inclua histórias de sucesso de outras pessoas (incrivelmente poderoso!)

3) Inclua a sua história pessoal (cria rapport e confiança em si)

Neste artigo falo do poder das histórias no marketing.

Leia com atenção, e salpique o seu livro com esta técnica incrivelmente poderosa!

Secção 2: A Sua Solução

Nesta secção você vai partilhar a ideia geral sobre o que é a sua solução, e como usá-la.

Vai explicar a estrutura da sua solução e a ideia por trás do seu plano, mas informe sempre que os detalhes virão mais tarde na secção 3.

Fazer isto fará com que a sua solução pareça mais simples e fácil de seguir, do que se descrevesse imediatamente todos os detalhes e passos necessários.

Capítulo 5: “Sumário da Solução”

Aqui vai escrever um sumário da sua solução para o problema, dando ênfase à estrutura (dias, semanas, ou meses) e dicas de como aplicar.

Mais uma vez, isto prepara o leitor para o material que aí vem cria uma experiência de aprendizagem mais confortável, e abre a mente do leitor para absorver melhor a informação.

Este capítulo é o ideal para cobrir a grande ideia da solução, dizendo algo como “não se preocupe com os detalhes, cobriremos isso no capítulo X”.

Isto faz com que o leitor queira continuar a ler, puxando-o sempre para a próxima página e mantendo o interesse.

Capítulo 6: “Como Se Preparar Para a Solução”

Este capítulo é raramente incluído em livros práticos, mas funciona muito bem.

Aqui vai explicar o que o leitor precisará de fazer ou adquirir para obter sucesso com o plano.

Inclua qual a preparação mental necessária (motivação), a preparação física (se for o caso), ferramentas necessárias, ou qualquer outro tipo de preparação…

Mas também a preparação emocional (importante!), revelando quais os obstáculos que o leitor enfrentará, mas que é completamente natural e que outras pessoas passaram pelo mesmo.

Isto criará mais confiança em si, uma vez que o leitor perceberá que você está a ser honesto.

Capítulo 7: “A Solução”

Aqui é onde você irá descrever os detalhes do seu plano, dividindo por partes facilmente consumíveis pelo leitor.

Explique literalmente “aqui estão as 3 coisas que precisa de fazer”.

Faça com que o plano seja simples, e lembre o leitor que a simplicidade é o segredo.

Capítulo 8: “O que Pode Esperar da Solução”

Este capítulo é importante para mostrar ao leitor o que realmente pode esperar do plano de ação.

Prepará-lo para o que aí vem, tanto os benefícios como os obstáculos, irá inspirar o leitor a continuar a ler.

Ex: “Na primeira semana, irá sentir isto, na segunda sentirá isto”.

Lembre-se: a maior parte das pessoas não gosta de obstáculos e têm receio do desconhecido.

Mostrar antecipadamente os aspectos positivos como os obstáculos esperados (e como os ultrapassar) remove essa incerteza.

Este capítulo é o local ideal para incluir uma secção de perguntas e respostas, para poder contornar todas as possíveis objeções na mente do seu leitor.

Secção 3: Dicas e Conclusão

A secção 3 inclui as suas dicas, truques e táticas.

Deverá posicionar como “corta-matos” para iniciantes e dicas avançadas para as pessoas com mais experiência.

É aqui que deverá incluir as suas ideias e “lifehacks” mais avançados.

Capítulo 9: “Dicas Avançadas”

Entre em detalhes mais avançados, descrevendo os truques e táticas usadas por “algumas pessoas mais bem sucedidas em X”.

Mostre os casos de sucesso mais espetaculares, e quais os truques avançados usados por essas pessoas…

Mas tranquilize os leitores iniciantes, dizendo que no capítulo seguinte irá incluir exatamente as dicas que precisa.

Capítulo 10: “As Top 10 Dicas para o Sucesso em X”

Inclua uma lista das melhores dicas da sua solução, e inclua testemunhos depois de cada dica, ou exemplos de pessoas famosas que as usaram.

Quanto mais humano e pessoal for o seu livro, melhor!

Este pode muito facilmente ser um dos capítulos mais divertidos de escrever.

Capítulo 11: “Os Erros Mais Comuns Que As Pessoas Cometem com X”

Inclua uma lista de erros comuns que as pessoas fazem quando estão a seguir a sua solução, e explique como os evitar.

Se não tiver ainda casos reais, crie uma parábola e imagine como seria, usando uma personagem fictícia.

Com isto, dará uma ideia ao seu leitor de como evitar esses mesmos erros, e que se mesmo assim os cometer, ainda estará no caminho para o sucesso se aprender com os erros.

Capítulo 12: “Conclusão”

E pronto, chegámos à conclusão.

Neste capítulo irá concluir as suas ideias, e assegurar o leitor de que se seguir o seu plano, irá ter sucesso e resolver o seu problema.

Inclua 2 ou 3 testemunhos em formato de histórias se possível, e termine de forma extremamente positiva e motivadora.

​O Seu Novo Livro Está Pronto!

Tudo o que lhe resta agora é arrumar as suas ideias, arranjar os capítulos e pensar em títulos interessantes para os capítulos (veja neste artigo como criar headlines cativantes e que criem curiosidade).

Ajuste as datas específicas, as referências, etc.

Se tiver gravado o seu livro em voz, parabéns! Em breve terá 3 produtos em 1.

Basta agora transcrever para texto, e ajustar o conteúdo para o formato de leitura.

Se precisar, contrate um assistente virtual bom e barato para o fazer por si.

E pronto!

Preparado para escrever o seu primeiro livro?

Vamos a isto!

Se precisar de ajuda em qualquer coisa, escreva um comentário abaixo ou deixe uma mensagem por email.

Um abraço,

-Tiago “escritor” Faria

About the Author Tiago

O Tiago é um especialista em marketing digital que ajuda startups a criar activos online para a vida através de estratégias simples, económicas e automáticas. Depois de mais de 7 anos a trabalhar na Google em Dublin, este blog é o resultado de anos de experimentação e aprendizagem nas áreas de criação de conteúdo, copywriting e conversões online.

follow me on:

Leave a Comment: