Como Fazer Link Building: O Truque para Aumentar a Tua Autoridade de Domínio Rápido
Como Fazer Link Building

Como Fazer Link Building: O Truque para Aumentar a Tua Autoridade de Domínio Rápido

Neste artigo gostava de partilhar contigo o truque que usei para aumentar a minha autoridade de domínio em apenas dois meses.

Trata-se da minha tática favorita, aquela que é mais abundante e que acrescenta mais valor a toda a gente.

Depois de criares o teu blog, normalmente, demora entre 6 a 12 meses até começares a ver tráfego orgânico e relevante (obviamente, se mantiveres a tua consistência de criação de conteúdo). 

Aconselho a começares, primeiro, com um desafio de 90 dias para quebrares bloqueios mentais e começares a mover a máquina, e começares a posicionares-te como um parceiro de confiança do Google. 

No entanto, se quiseres realmente acelerar este processo e crescer mais rápido do que num ano, precisas de aumentar a tua autoridade de domínio, ou seja, a relevância do teu site para o teu nicho de mercado aos olhos do Google.

Se preferires ver este artigo em formato vídeo, ou ouvir em formato podcast, escolhe uma das opções abaixo: 

Link Building: Significado de Autoridade de Domínio

E o que é que é isto de autoridade de domínio?

Trata-se da quantidade de links de outros sites de autoridade que estejam a apontar para o teu próprio site.

Aos olhos do Google, estes links são como se fossem votos de confiança para o teu site, são outros sites a dizerem que o teu site é uma autoridade e, como tal, merece estar destacado nos resultados de pesquisa e vai ser relevante para os utilizadores.

O Google gosta muito disso, e trata-se de um fator de ranking ainda muito importante.

Se fores proativo na busca de backlinks e de aumentares a tua autoridade de domínio rapidamente através destes meios, existem várias maneiras de o fazer. 

Já partilhei uma das estratégias de backlinks neste artigo que é fazer outreach: encontrar um artigo de blog da concorrência que esteja já a atrair muitos links e, depois, criar um melhor do que esse e ir à procura das pessoas que apontaram links para esse site para apontarem para o teu em vez de daquele.

Outra maneira é fazer novamente outreach e tentar criar artigos de convidado noutros sites e que te permitam também incluir um link nesses sites a apontar para o teu.

Estratégia de Link Building Fácil que o Google Adora

A tática de que vou partilhar contigo hoje é, na minha opinião, a mais abundante, a que me dá mais prazer, e aquela que usei para crescer rapidamente a autoridade do meu domínio e que começou a trazer mais tráfego e mais constante.

Qual é que é essa tática?

Simples: criares o teu próprio podcast. Eu sei que pode parecer uma coisa um bocadinho à parte e que não tem nada a ver com o teu blog, mas repara:

Criando o teu podcast, tens hipótese de entrevistar especialistas e outro tipo de autoridades no teu nicho de mercado ou, então, em nichos complementares.

Podes falar sobre a sua vida, como é que eles chegaram àquele ponto, o que é que podem partilhar sobre o teu nicho de mercado, o que é que a tua audiência pode aprender.

É muito fácil arranjar convidados, como podes ver neste vídeo: 

Depois de criares esses episódios, partilhas com os convidados e a vasta maioria acabará por partilhar, tanto nas suas redes sociais como no seu próprio site, é nesta questão que tu te deves focar.

Aquelas pessoas que já têm algum prestígio no teu nicho de mercado vão ter a secção “media” no seu site, onde colocam as suas aparições em entrevistas, em jornais ou em podcasts de outros sites.

Nessa secção poderão incluir o teu link. Mas não um link qualquer!

Como Usar o Teu Podcast Como Estratégia de Backlinks

O link que partilhares com os teus convidados não vai ser para o teu canal de YouTube, não para os teus podcasts, mas sim para um artigo de blog que vais criar para cada entrevista que fizeres.

Nesse artigo vais colocar lá o sumário, podes colocar a transcrição completa – é uma excelente ideia para dar conteúdo para o Google rankear, principalmente se incluíres as palavras-chave sobre o tópico da entrevista - vais incluir a entrevista de vídeo no YouTube, e vais incorporar também o episódio do podcast (tal como fiz no início deste artigo).

No fundo, tens um link para o teu artigo de blog, e é esse link que vais partilhar com os teus convidados.

Importante: sê proativo a dizer “acabei de criar o artigo sobre a nossa entrevista (partilhas o link do teu blogue) e, por favor, fica à vontade para partilhares. Incluí também uma imagem da entrevista que podes, se quiseres, usar para anunciar no teu site e nas tuas redes sociais.”

A vasta maioria das pessoas vai partilhá-lo com boa vontade porque gostam muito de falar sobre elas próprias, gostam de se autopromover.

Isto tudo vai criar uma rede de confiança a apontar para o teu site que, aos olhos do Google, é muito interessante porque começa a aumentar a tua autoridade.

O Google começa a ver que tu estás a ser partilhado em diversos sites e em diversas redes sociais.

As redes sociais não contam tanto para a tua autoridade de domínio, mas mesmo assim contam! O que interessa é criares uma rede de confiança sobre a tua própria autoridade.

A Minha Estratégia de Link Building SEO

Quando eu fiz 63 entrevistas para o meu podcast, uma grande percentagem dos entrevistados partilhou nos seus blogs.

Esta fator aumentou a autoridade de domínio do meu site rapidamente, porque o Google começou a ver vários links a apontar para o meu blogue.

Links de pessoas que são autoridades na minha área ou em áreas complementares e, como tal, foi-me expondo cada vez a mais pessoas e o meu tráfego orgânico começou a aumentar exponencialmente.

Já sabes, não te esqueças de ser proativo nesta questão: partilha o link depois de fazeres a entrevista com as pessoas e oferece sugestões sobre como partilhar com a sua audiência.

Oferece materiais de multimédia, a "miniatura" para elas poderem partilhar facilmente, oferece a descrição, e qualquer coisa que facilite e incentive as pessoas a partilharem.

Não te esqueças também de fazer o follow-up, porque existem muitas pessoas que são ocupadas e vão-se esquecer de partilhar, portanto, é importante manteres a tua base de dados organizada.

Google EAT e o Link Building

Por fim, quero falar sobre a questão do Google EAT, que é, no fundo, esta nova forma de olhar para o conteúdo que é indexado no Google. O EAT é, no fundo, expertise (especialidade), authority (autoridade) e trust (confiança). 

O Google olha para o teu blogue e vai ver:

  • É uma pessoa verdadeira?
  • É uma pessoa que tem prestígio no seu nicho de mercado?
  • É uma pessoa que está a aparecer noutros sites/ que está a ser entrevistada em podcasts noutros sites?

Isto são tudo sinais que o Google vai ter em consideração.

Portanto, é crucial criares o teu canal de YouTube ou o teu próprio podcast, e não te esconderes apenas atrás do teclado a criar artigos.

Isto vai ser cada vez mais importante aos olhos do Google, que esta está cada vez mais a querer livrar-se daqueles sites recheados de spam e conteúdo fraco, escrito por autores que não revelam a sua identidade.

O Google quer garantir que a sua audiência tem a melhor experiência possível e, para isso, vai eliminado aos poucos esses sites que não geram confiança porque o autor não é um especialista nem uma autoridade na área.

Isto vai ser cada vez mais relevante e, por isso, eu aconselho-te vivamente a criares o teu próprio podcast, o teu canal de YouTube, e a trabalhares o teu networking.

Toda a tua presença digital deve apontar para o teu próprio site, criando uma rede de confiança, que o Google vai achar muito relevante e vai garantir o teu futuro nos resultados de pesquisa.

Um abraço,

Tiago "web of trust" Faria

About the Author Tiago

O Tiago ajuda empreendedores a criar negócios bem sucedidos, sustentáveis e gratificantes para si, para as suas famílias e para as suas comunidades. Depois de 8 anos a trabalhar na Google em Dublin, este blog é o resultado de anos de experimentação e aprendizagem nas áreas de criação de conteúdo, SEO, copywriting, publicidade e conversões online.

follow me on:

Leave a Comment: