A Minha Conta de Anúncios de Facebook foi Desativada: O que Fazer?
Conta de anúncios facebook desativada - e agora

A Minha Conta de Anúncios de Facebook foi Desativada: O que Fazer?

Neste artigo vais aprender duas coisas:

Primeiro, como evitar que a tua conta de
anúncios seja desativada pelo Facebook, muitas vezes, sem razões óbvias.

A segunda coisa é o que fazer se, de facto, a tua conta for desativada para que o teu negócio não seja prejudicado durante muitas semanas ou, às vezes, meses.

Já me aconteceu ter a conta bloqueada e desativada duas vezes, e tenho ouvido imensas histórias de pessoas que veem as suas contas a serem desativadas por causa da reincidência de anúncios reprovados.

A minha conta de anúncios Facebook foi desativada - o que devo fazer

O grande problema é que as pessoas não sabem exatamente qual é que é a política, nem a razão pela qual um anúncio é desativado.

O Facebook nunca diz exatamente porque é que isso aconteceu, portanto, vamos explorar este tópico aqui hoje.

Se preferires ver este artigo em formato vídeo, clica na imagem abaixo:

Como Evitar que o Facebook Desative a Tua Conta de Anúncios

Como evitar que o facebook desative a tua conta de anúncios

Ultimamente, o Facebook tem estado a rejeitar anúncios a torto e a direito, muitas vezes sem qualquer razão aparente.

Principalmente, devido às restrições de mensagens políticas, ou mensagens relacionadas com a questão da pandemia de 2020.

Mas não só: o Facebook tem estado a desativar bastantes anúncios sem qualquer razão aparente.

Muitas pessoas criam uma conta pela primeira vez e veem o seu anúncio ser reprovado imediatamente, facto que cria frustração...

E pior ainda: o processo de pedir para que os anúncios sejam revistos e para que a conta seja reativada novamente pode ser um pouco complexo.

Primeiro Percebe Qual é o Objetivo do Facebook

Então, como é que podemos evitar que isto aconteça?

O primeiro passo é evitarmos que isto acabe por acontecer porque, se fizermos o nosso trabalho de casa, a probabilidade de termos os nossos anúncios rejeitados é muito menor e, por consequência, também a conta não será desativada assim tão facilmente.

Primeiro, temos de perceber o que é que o Facebook realmente quer.

O que é que o Facebook exige de nós como anunciantes, e quem são os seus utilizadores.

O Facebook quer proteger a sua audiência a todo o custo, e exige ter uma experiência positiva para todos os seus utilizadores.

Quer que exista um ambiente saudável e seguro para os seus utilizadores, e estes não se podem sentir de maneira alguma lesados com os nossos anúncios.

Existe também uma lista enorme de nichos de mercado que são proibidos. 

O que é que o Facebook Analisa nos Teus Anúncios?

O Facebook olha para o texto dos teus anúncios, o texto das páginas de destino, qual é que é o feedback que os utilizadores estão a ter dos nossos anúncios.

Estão a pôr muito daquelas reações zangadas? Qual é que é o sentimento geral dos teus anúncios? Tens a política de privacidade ativa na tua página de aterro? Qual é que é o IP que estás a utilizar quando crias anúncios?

Portanto, o teu trabalho de casa é estudar a fundo a política de anúncios do Facebook.

Tens mesmo que o fazer, não há volta a dar.

Visita agora a página de políticas publicidade do Facebook.

Recomendo que leias o documento por completo. Não é assim tão longo, é possível ler em menos de uma hora, mas lê realmente com atenção porque vais ver que há três áreas comuns que são proibidas.

O Facebook deteta-as como sendo as áreas que mais comumente são desrespeitadas e, como tal, os anúncios são desativados automaticamente. 

Políticas de Publicidade do Facebook: O que Não Podes de Todo Fazer

Políticas de Publicidade do Facebook

Primeiramente, falar sobre características pessoais.

Fazer anúncios a dizer “você sente-se assim?”, “você sente-se inseguro?”, “você está a querer perder peso?”, “não está contente com o que quer que seja da sua vida pessoal?”, é uma razão super-rápida para o Facebook reprovar imediatamente o anúncio.

Basicamente, tudo o que faça com que as pessoas se sintam um pouco mal consigo mesmas, com a sua situação atual, é uma razão muito forte para o Facebook desativar os teus anúncios e, se o fizeres repetidamente, corres o risco de ver a tua conta banida.

A segunda área comum é o conteúdo sexualmente agressivo, que obviamente não é tolerável nos anúncios do Facebook.

Depois, o terceiro ponto é usar marcas do Facebook nos anúncios, como por exemplo logótipos, falar sobre o Facebook em si (por exemplo, agências a tentarem anunciar sobre gestão de anúncios de Facebook etc.).

Portanto, são três áreas que são proibidas e que saltam logo à vista e que nós não devemos, de todo, incluir nos nossos anúncios.

Mas o Conteúdo Proibido pelas Políticas de Publicidade do Facebook Não Fica por Aqui...

Se leres as políticas de publicidade do Facebook vais ver que no total existem 43 tipos de conteúdo que é proibido ou restrito.

Alguns são mais óbvios do que outros. Vais ver coisas como armas, conteúdo sexualmente agressivo ou de agressões, ou tabaco.

No entanto, existem conteúdos um pouco subjetivos, facto que dá azo a que a nossa interpretação possa não ser a mais correta e, como tal, devemos evitar de todo correr qualquer risco.

Se criarmos uma conta nova e começarmos a incluir anúncios com conteúdo que possa ser subjetivo ou que esteja nesta área cinzenta que o Facebook descreve na sua política de anúncios, nós vamos ser banidos.

Assim, antes de anunciarmos o que quer que seja, devemos ler completamente todas as políticas de anúncios do Facebook e evitar falar sobre aquilo que está ali descrito.

Portanto, o Facebook está a dizer o que é que não quer que se escreva, e qual é que é o conteúdo que é restrito (que precisa de ser pré-aprovado antes de se anunciar).

O meu conselho é evitar por completo tudo o que está descrito naquele documento porque, dessa maneira, corremos muito menos riscos e teremos uma conta de anúncios muito mais saudável.

O Facebook Não quer que Faças os Seus Utilizadores Sentirem-se Mal Consigo Mesmos

Outro ponto importante: tudo o que seja comunicar com o nosso público-alvo, usando formas de tratamento como “você”, “você sente-se assim”, “você tem estes problemas”, é uma razão muito forte para o Facebook olhar para o anúncio e reprová-lo.

Nós temos de tentar ser o menos diretos possível, falar mais sobre “eu”, sobre “nós” e menos sobre “você”. Isto é possível contando histórias pessoais ou contando casos de sucesso de outras pessoas.

Uma dica: estuda os anúncios da concorrência que já estão a correr há algum tempo (usa a Biblioteca de Anúncios do Facebook).

O facto desses anúncios ainda estarem a correr significa que o Facebook aprovou e que utilizam uma linguagem segura.

Portanto, devemos analisar qual é a linguagem que está a ser utilizada, os termos que estão a ser utilizados, e assim mantemo-nos mais seguros sobre aquilo que estamos a querer anunciar.

O que Fazer Então se a Minha Conta de Anúncios Facebook for Desativada?

O que fazer se a minha conta de anúncios Facebook for desativada

O que fazer, então, se, por acaso, a conta for desativada por causa de alguma infração que tenhas cometido?

Em primeiro lugar, temos de descobrir qual é que foi a regra que nós quebrámos. O Facebook não vai dizer diretamente “quebrou a alínea x”.

Nunca.

Temos de ir ler as políticas de publicidade, identificar qual é que é a frase que achamos que nós devemos estar a infringir e, quando estamos a comunicar com o Facebook, sermos claros:

"Assumo que cometi este erro, já fiz uma alteração no anúncio e creio que agora já está correto. Por favor, revejam o meu anúncio.”

Temos de explicar sempre que estamos conscientes das regras e que queremos cumpri-las, porque o Facebook nunca vai dizer qual é que é a regra que quebrámos.

Temos que ser nós a fazer este trabalho de casa.

E depois, então, pedir a revisão de porque é que a conta foi bloqueada ou porque é que o anúncio foi banido e explicar o nosso caso. 

A Melhor Maneira de Pedir Revisão dos Teus Anúncios Desaprovados ou Conta de Anúncios Facebook Bloqueada

A melhor maneira de o fazer é através do chat do suporte de anúncios Facebook.

O Facebook tem um canal chat para suporte que, no fundo, é o veículo mais rápido para nós entrarmos em contacto e tentar resolver os nossos problemas.

Acede ao a Centro de Ajuda para Negócios do Facebook, e sensivelmente no meio da página clica em "Começar" na secção "Encontra as respostas ou contacta a equipa de suporte":

Centro de Ajuda do Facebook Business - Chat

Preenche o formulário de conta desativada Facebook, e segue as instruções.

É importante ser persistente nesta comunicação.

Vai haver muita pergunta e resposta e pode levar mesmo alguns dias ou, às vezes, até semanas para termos a nossa conta de volta.

No entanto, devemos manter a persistência, sermos sempre amigáveis, e termos sempre com uma abordagem abundante e positiva.

Mostrar sempre que queremos resolver o problema, que estamos conscientes das regras e que queremos cumpri-las.

Ou seja, estamos a fazer os possíveis para estar dentro do jogo e daquilo que o Facebook tanto deseja. 

Se não obtivermos uma resposta ao nosso pedido de revisão numa semana, vamos pedir outro.

Há sempre essa opção de pedir mais uma revisão e continuando a comunicação através do chat.

Como Manter o Teu Gestor de Anúncios Facebook Sempre Saudável

Se mantivermos esta atitude positiva, simpática, amigável e de alguém que quer realmente cumprir as regras, temos tudo para garantir que o nosso anúncio vai ser aprovado ou que a nossa conta vai ser reativada.

Mas, antes de mais, temos de fazer o trabalho de casa: ler as políticas de publicidade de cima a baixo, e garantir que não estamos a quebrar nenhuma das regras que lá estão.

Quando há regras que são um pouco subjetivas e dúbias, o melhor é não fazer sequer o anúncio que aborda essa temática ou esse conteúdo e, dessa maneira, será muito mais fácil.

Espero que este artigo tenha sido útil, e que a partir de agora os Facebook Ads não sejam mais uma dor de cabeça para ti!

Um abraço,

Tiago "relação distante mas saudável com o Facebook" Faria

About the Author Tiago

O Tiago ajuda empreendedores a criar negócios bem sucedidos, sustentáveis e gratificantes para si, para as suas famílias e para as suas comunidades. Depois de 8 anos a trabalhar na Google em Dublin, este blog é o resultado de anos de experimentação e aprendizagem nas áreas de criação de conteúdo, SEO, copywriting, publicidade e conversões online.

follow me on:

Leave a Comment: