Infoprodutos: A Melhor Maneira de Fazer Dinheiro Online em Portugal
infoprodutos, infoprodutos mais vendidos, infoprodutos portugal, produtos digitais

Infoprodutos: A Melhor Maneira de Fazer Dinheiro Online em Portugal

Existem várias formas de fazer dinheiro online, e é possível obter sucesso em todas elas.

Tudo o que é necessário é trabalho duro e inteligente, e disponibilidade para tentar, falhar, tentar de novo, falhar de novo (repetir várias vezes)...

Até que encontra algo que funciona para si!

E assim que encontra algo que gera retorno, faça isso repetidamente, fazendo testes aqui e ali para aumentar a sua eficácia.

infoprodutos, infoprodutos mais vendidos, infoprodutos portugal, produtos digitais

Todas as pessoas são diferentes, e na verdade não existe um “comprimido mágico” para ter sucesso online...

Se pensar bem, fazer dinheiro online é bastante fácil.

Pode muito bem pegar em coisas de valor que tenha na arrecadação da sua casa, ou comprar algo na feira da ladra por tuta e meia, e vender no Facebook Marketplace em menos de 24h (mais do que recomendado, já agora!)...

Mas por ser fácil, não significa que seja escalável ou um modelo de negócio sustentável no longo termo.

Qual é então a melhor maneira de fazer dinheiro online?

​Vender Infoprodutos Online em Portugal

infoprodutos, infoprodutos mais vendidos, infoprodutos portugal, produtos digitais

Com infoprodutos é possível gerar margens de lucro elevadas, muitas vezes superior a 90% no caso de produtos digitais.

O custo de completar a transação e entregar uns ficheiros .pdf ou .mp3 é ridiculamente baixo, quando comparado com qualquer outro tipo de produto.

É possível vender milhares de cópias sem qualquer esforço adicional após a sua criação.

No lado inverso, os produtos tradicionais requerem matéria prima, manufatura, logística, armazenamento, etc…

E tudo isto aumenta os custos e limita o número de produtos que pode vender.

No caso dos infoprodutos, tudo isto é irrelevante.

Por outro lado, é possível abrir uma rede de afiliados para o seu produto e dividir o lucro 50-50…

O que significa que pode construir uma equipa de marketing gratuitamente, que irá promover os seus produtos, sendo que só lhes pagará quando estes conseguirem uma venda.

Isto é não só uma maneira incrivelmente poderosa de alavancar o esforço de outras pessoas, como também incrivelmente económica.

Outra das grandes vantagens dos infoprodutos é o seu valor percebido:

Muitos cursos online custam centenas, ou mesmo milhares de euros…

E tudo o que incluem são elementos como .pdfs, videos e áudio!

Agora adicione a isto as margens de lucro elevadas, e tem uma mistura explosiva.

Por fim, criar os seus próprios infoprodutos (vs apenas vender produtos afiliados de outras empresas) abre oportunidades de venda, tais como upsells, ofertas limitadas e outras para o seu funil de vendas.

É muito mais fácil vender produtos a clientes que já tenham tomado a decisão de comprar produtos seus anteriormente…

E se criar uma relação próxima com a sua audiência e entregar “experiências” agradáveis, criará uma legião de fãs que comprarão repetidamente os seus produtos!

Mesmo que o seu modelo de negócio não se limite a vendas online, considere adicionar este tipo de produtos na sua escada de valor.

Lembre-se que os seus potenciais clientes estão em diferentes fases do seu funil de vendas

E que idealmente deve ter uma oferta para cada uma dessas fases.

Para terminar, deixo-lhe um vídeo do Neil Patel (recomendo vivamente que o siga), onde explica de forma genial como criar infoprodutos de forma lucrativa:

O que acha? Vai criar hoje o seu primeiro infoproduto?

Um abraço,

-Tiago “margem de lucro” Faria

About the Author Tiago

O Tiago ajuda empreendedores a criar negócios bem sucedidos, sustentáveis e gratificantes para si, para as suas famílias e para as suas comunidades. Depois de 8 anos a trabalhar na Google em Dublin, este blog é o resultado de anos de experimentação e aprendizagem nas áreas de criação de conteúdo, SEO, copywriting, publicidade e conversões online.

follow me on:

Leave a Comment:

4 comments
Gisela says Julho 29, 2019

Olá Tiago.

Já tenho tudo estruturado para fazer o lançamento do meu primeiro infoproduto, mas não sei como operacionalizar isso. Qual plataforma devo usar aqui em PT, para fazer gestão disso? Como interligar com meios de pagamento etc….
Obrigado!

Reply
    Tiago says Julho 30, 2019

    Olá Gisela,

    Obrigado pelo seu comentário!

    Existe a maneira mais complexa: usar o wordpress e integrar com uma plataforma de gestão de memberships e outra de gestão de pagamentos…

    Ou a mais simples (e que estou cada vez a gostar mais): https://www.thinkific.com/

    Consegue criar 3 cursos completamente grátis, e pode começar já a cobrar, integrando com o PayPal ou Stripe.

    Recomendo vivamente que experimente!

    Depois diga-me o que achou 🙂

    Obrigado,

    Reply
Luana says Março 27, 2019

Olá Tiago.

Eu quero começar a desenvolver cursos online para vender. Ms não faço ideia de como conseguir que as pessoas me pagem e estar a fazê-lo dentro da legalidade.
Tenho de criar uma empresa em Portugal por causa das finanças? Como é que isso funciona?

Obrigada

Luana

Reply
    Tiago says Abril 7, 2019

    Olá Luana! Obrigado pelo teu comentário.

    Acho que antes de te preocupares com o lado legal das coisas, tens que primeiro testar a tua ideia para ver se tem tracção e as pessoas estão dispostas a pagar pelo teu conteúdo.

    O que interessa nesta fase é pensares bem no que tipo de curso queres criar (tópico), e analisares a fundo quem é o teu target (a audiência que queres vender).

    Quem são essas pessoas? Quais são os seus objetivos? Os seus medos? Ambições? Obstáculos? Isto será importantíssimo não só para desenvolveres o conteúdo, mas também para o teu material de marketing. Recomendo que leias este post que cobre este assunto a fundo: https://tiagofaria.pt/segmentacao-de-mercado/

    Depois, sugiro que sigas as instruções neste post para perceberes o que as pessoas querem em relação ao teu tópico: https://tiagofaria.pt/o-que-vender-online/. Isto servirá como base do teu curso online.

    E por fim, está na altura de criares o conteúdo que responda ao que a tua audiência quer e precisa. Neste artigo explico-te como estruturar o conteúdo do teu curso: https://tiagofaria.pt/como-criar-cursos-online/

    Se seguires estes passos estará pertíssimo de criar um curso que vende. Quanto ao pagamento, podes começar por usar o PayPal (que aceita multibanco ou transferências bancárias). Assim que começares a obter vendas, sugiro então que inicies atividade nas finanças (mas aqui não te posso aconselhar muito, terás que ver com um contabilista).

    Qualquer dúvida ou ajuda que precises, envia-me email para o: tiago@tiagofaria.pt

    Um abraço!

    Reply
Add Your Reply