O Maior Erro que a Vasta Maioria das Empresas Comete Online
erro empresas, o maior erro que as empresas cometem

O Maior Erro que a Vasta Maioria das Empresas Comete Online

Que fique claro:

Se você não comete erros diariamente, é porque não está a tentar…

E muito provavelmente não está a aprender nada.

Por isso, não deixe que o título do artigo faça com que pense que o objetivo é evitar os erros.

Na verdade, é exatamente o oposto!

Quando aceita que os erros fazem parte do longo caminho para o sucesso, terá muito mais energia e resiliência para persistir.

erro empresas, erro que as empresas cometem online

Dito isto, existe um erro que vejo acontecer repetidamente tanto por especialistas de internet marketing, como por empresas que vendem online…

E que é facilmente evitável.

Qual é então o maior erro?

Tentar vender imediatamente na primeira interação com um visitante ao seu website.

Deixa-me estupefacto o número de empresas que gastam dinheiro a gerar tráfego diretamente para um produto que diz “adicione ao carrinho”...

Sem primeiro tentar criar uma relação com essa pessoa.

A maneira correta de fazer isto é simples:

Crie uma oferta gratuita que incentive o visitante a fornecer o seu contacto, em troca de um infoproduto grátis.

Este pode ser um eBook, um guia PDF, um vídeo, ou um .mp3 que ensine como resolver um problema do seu público-alvo.

Este problema tem que ser específico e relacionado com o seu nicho de mercado, e deve verdadeiramente ajudar o potencial cliente a ter uma experiência positiva com a sua informação e conteúdo.

Isto faz com que comece a criar uma relação de confiança com a pessoa, mas também faz com que essa pessoa entre na sua lista de emails, onde poderá dar sequência à relação gratuitamente e frequentemente.

De acordo com a “National Association of Sales Professionals”, menos de 2% das vendas ocorre no primeiro contato online

E 2% já é um número bastante positivo!

Portanto, se você estiver a enviar tráfego do seu anúncio diretamente para uma página de vendas, estará literalmente a ignorar 98% dos potenciais compradores!

Em média, são precisos 7 contactos ou mais para que um indivíduo compre um produto…

E muitas vezes é uma questão de “timing”, em que uma pessoa pode não querer o produto agora mas sim mais tarde!

Portanto, quando cria uma lista de emails em troca de um produto gratuito (em vez de tentar vender imediatamente)…

Você posiciona-se para dar seguimento ao contato com esse potencial cliente (através de autoresponders), criar uma relação (as pessoas compram coisas de pessoas que gostam), e sugerir produtos e promoções quando essa pessoa está pronta!

Para melhor ilustrar este conceito, imagine comigo o seguinte cenário:

Se você fosse um rapaz com 20 anos e conhecesse num bar uma rapariga pela primeira vez que lhe causasse “amor à primeira vista”...

Qual seria o seu primeiro passo:

A) Pedir o número de telemóvel?

B) Pedir em casamento?

Obviamente que o passo mais lógico seria tentar cultivar a relação primeiro através de vários contatos durante um período de tempo…

O que é exatamente o mesmo que você como especialista em marketing online deve fazer com os seus potenciais clientes!

Criar uma relação forte com os contatos da sua lista de emails funciona como magia.

Quando cria um produto novo, pode simplesmente enviar um email para a sua lista, e uma percentagem desses indivíduos irá comprar (obviamente desde que o produto e a mensagem sejam relevantes para a sua audiência).

Já deve ter ouvido por aí que “o dinheiro está na lista”...

Mas na verdade o dinheiro está na relação que você cria com a sua lista.

E pronto, agora já sabe qual é o maior erro que a vasta maioria das empresas comete…

O que significa que agora terá uma vantagem em relação à sua concorrência!

Um abraço,

-Tiago “o dinheiro está na relação” Faria

About the Author Tiago

O Tiago é um especialista em marketing digital que ajuda negócios locais a criar activos online para a vida através de estratégias simples, económicas e automáticas. Depois de 8 anos a trabalhar na Google em Dublin, este blog é o resultado de anos de experimentação e aprendizagem nas áreas de criação de conteúdo, SEO, copywriting e conversões online.

follow me on:

Leave a Comment: