aumentar visitas site, aumentar trafego site, trafego site, gerar trafego para site,

O Mito de Aumentar Visitas para o Seu Site – Faça Isto Primeiro

Infelizmente há um número de mitos a circular por aí sobre marketing digital, principalmente no que concerne ao tráfego.

Existe o conceito generalizado de que para aumentar as vendas online, você deve aumentar as visitas para o seu site

Quando muitas vezes essa não é a solução.

Antes de chegar a esse ponto, existe um conjunto de passos que deve seguir para garantir que o seu site é de facto um local de venda, e não apenas um mero “expositor” de conteúdo e produtos/serviços.

aumentar visitas site, aumentar trafego site, trafego site, gerar trafego para site,

A última coisa que vai querer é pagar para gerar tráfego, e ter apenas “window shoppers” (pessoas que apenas olham para a montra e vão embora).

Em vez disso, vai querer que cada visitante tome uma decisão favorável para o seu negócio, como veremos mais à frente.

Estes mitos a que me refiro são como nuvens que cobrem a indústria do marketing digital…

E apesar de ter ido na conversa dos “experts” no passado e ter aprendido umas quantas lições, agora percebo que apenas devo confiar em alguns mentores e nos dados dos meus testes.

E o maior desses mitos é de facto o de que é o tráfego que define o sucesso de um website.

Apesar de não ser completamente mentira, esta afirmação é maioritariamente falsa e construída para convencer as pessoas a comprarem cursos, sistemas, software e campanhas sobre tráfego online.

Será que mais tráfego irá verdadeiramente aumentar as leads e as vendas para si?

Provavelmente não.

Portanto, se não é o aumento de visitas ao seu site que trará mais leads e vendas... o que é?

​Antes de Aumentar o Tráfego para o Seu Site, Aumente as Conversões

aumentar visitas site, aumentar trafego site, trafego site, gerar trafego para site,

Converter tráfego em leads, e converter leads em vendas é em última análise o que gera facturação para o seu negócio.

Assim que tem uma oferta que converte, e só DEPOIS disso é que faz sentido focar-se em gerar tráfego para o seu site.

Pode parecer paradoxal, mas permita-me que explique:

Você precisará de tráfego para testar e melhorar as suas taxas de conversão (daí ter dito que não é completamente mentira).

Dependendo das suas circunstâncias, o seu site já poderá ter algum tráfego, uma lista de emails ou uma página de Facebook que ligue a empresa à sua audiência.

Se este for o caso, perfeito! Comece com a audiência que já tem.

Tudo o que precisa de fazer é começar criar ferramentas de captura de leads (lead magnets), e começar a fazer testes A/B nas suas landing pages de captura de leads e de vendas…

Para que possa identificar o que funciona melhor, e ir substituindo o que funciona pior, até converter 50% do tráfego em leads, e 10% das leads em clientes (cenário ideal).

No entanto, se o seu site ainda não tem tráfego ou audiência, vai precisar de investir em tráfego pago para poder testar o seu funil de vendas.

E hoje em dia não há nada melhor que os Facebook Ads, em termos de custo/benefício…

Uma vez que pode focar-se em audiências específicas, escolhendo dados demográficos, psicográficos, gostos e hábitos que assegurarão que os seus anúncios só serão mostrados a pessoas com mais probabilidade de se tornarem clientes.

Com esta informação, pode “falar” diretamente com uma audiência, ou mesmo escolher servir os seus anúncios a pessoas que são clientes.

Mas de novo, toco na mesma tecla: criar um funil de vendas que converta visitantes em leads, e leads em clientes…

É muito mais importante do que aumentar visitas ao seu site.

Espero que este artigo tenha ajudado a perceber um pouco melhor os benefícios de focar a sua atenção em optimizar as conversões primeiro…

E só começar a focar em aumentar o tráfego DEPOIS de já ter um funil de vendas com provas de gerar lucro para a sua empresa.

Um abraço,

-Tiago “Conversões” Faria

About the Author Tiago

O Tiago é um especialista em marketing digital que ajuda startups a criar activos online para a vida através de estratégias simples, económicas e automáticas. Depois de mais de 7 anos a trabalhar na Google em Dublin, este blog é o resultado de anos de experimentação e aprendizagem nas áreas de criação de conteúdo, copywriting e conversões online.

follow me on:

Leave a Comment: