O que é o Inbound Marketing e Porque é Tão Importante Hoje em Dia
inbound marketing, inbound marketing o que é, marketing inbound, inbound marketing portugal, inbound de marketing, inbound marketing exemplos, inbound marketing significado, inbound marketing vs outbound marketing

O que é o Inbound Marketing e Porque é Tão Importante Hoje em Dia

O que significa afinal o Inbound Marketing?

Trata-se basicamente de uma série de plataformas digitais onde você encontrará a sua audiência.

Exatamente nos locais onde congrega online: nas cerca de 9 apps que têm no seu smartphone.

E se o fizer da maneira correta, tornar-se-á na autoridade dominante do seu nicho de mercado por muitos e muitos anos.

inbound marketing, inbound marketing o que é, marketing inbound, inbound marketing portugal, inbound de marketing, inbound marketing exemplos, inbound marketing significado, inbound marketing vs outbound marketing

Neste artigo gostava de lhe mostrar como abordar o inbound marketing, e como o fazer de maneira a evitar erros comuns.

E que fará com que fique cada vez menos dependente d​a publicidade paga.

Criará ativos que irão gerar tráfego orgânico em auto-piloto, mesmo que tire uns meses de férias!

Tudo enquanto a sua máquina de marketing orgânica gratuita alcança novas audiências e as converte em clientes.

Eu próprio estou na fase inicial e ainda tenho muito para fazer, mas sei que estou no caminho certo…

Vejamos primeiro qual a grande diferença entre inbound e outbound:

Qual a Diferença Entre Inbound e Outbound Marketing?

inbound marketing, inbound marketing o que é, marketing inbound, inbound marketing portugal, inbound de marketing, inbound marketing exemplos, inbound marketing significado, inbound marketing vs outbound marketing

O inbound marketing é uma forma de marketing de atração.

Ou seja, estar presente nos locais onde a sua audiência está todos os dias, e criar conteúdo nativo nessas plataformas que atraia as pessoas para o seu "círculo de influência"…

Criando valor, resolvendo problemas e ajudando as pessoas a estarem mais perto de alcançar os seus objetivos

Para que as pessoas comecem a conhecer, gostar e confiar na sua marca.

No lado inverso, o outbound marketing é uma forma de marketing de interrupção.

Ou seja, criando anúncios que “interrompam” o que as pessoas estão a fazer online (como a ver novidades dos amigos nas redes sociais)...

E que persuadam os potenciais clientes a clicar no anúncio para tomar uma decisão rentável para a empresa.

Ambas as formas de marketing são úteis e necessárias para o sucesso de qualquer negócio.

No entanto, o inbound marketing tem a grande vantagem de ser gratuito (pago apenas com o seu tempo)...

Para além de criar ativos que lhe trarão resultados no futuro por longos períodos de tempo.

Inbound Marketing: Sequência de Interações com a Sua Audiência

inbound marketing, inbound marketing o que é, marketing inbound, inbound marketing portugal, inbound de marketing, inbound marketing exemplos, inbound marketing significado, inbound marketing vs outbound marketing

Todas as plataformas onde você cria conteúdo são micro interações que terá com a sua audiência.

São pontos no seu funil de vendas em que interage e comunica com potenciais clientes, clientes e fãs no seu nicho de mercado.

E estas interações são constantemente renovadas em cada plataforma, para manter a sua marca on top of mind.

Não basta criar alguns posts e deixar correr...

Para verdadeiramente suceder na era da atenção, você precisa de se tornar numa empresa de meios de comunicação

E publicar diariamente novo conteúdo para responder a mais perguntas da sua audiência, servir mais soluções, entreter mais, e encorajar mais e melhor do que toda a concorrência.

Sim, é um algo que dá trabalho.

Muito trabalho, para ser honesto…

Mas aí é que está o segredo:

Mais ninguém irá publicar tão frequentemente como você, ou a ajudar o seu nicho de mercado melhor do que você.

O Gary Vaynerchuk fala em “escalar o não escalável”...

Ou seja, focar-se mais do que os outros nas tarefas que dão mais trabalho e que não são possíveis de automatizar…

Tais como criar conteúdo fresco todos os dias, enviar mensagens privadas a influenciadores, ou responder a todos os comentários e emails.

Se há um ativo que todas as empresas e empreendedores têm em comum é o tempo.

Mas o que realmente faz a diferença é a maneira como o usamos para nos dedicarmos a quem realmente importa: a nossa audiência:

No entanto, se o inbound marketing for feito de maneira consistente e por longos períodos de tempo, você ganhará.

Estas interações diárias criarão uma legião de fãs, e a sua marca tornar-se-á incrivelmente impactante na vida da sua audiência.

Como Abordar o Inbound Marketing

inbound marketing, inbound marketing o que é, marketing inbound, inbound marketing portugal, inbound de marketing, inbound marketing exemplos, inbound marketing significado, inbound marketing vs outbound marketing

Antes de mais, é importante que perceba que não precisa (nem deve) começar a publicar em todas as plataformas logo de início.

Comece com uma plataforma, domine-a, e comece depois a expandir para outras plataformas de marketing.

O importante é começar, e ser consistente…

Sendo que o objetivo final será estar presente em todas as plataformas onde a sua audiência congrega e passa o seu tempo online…

Partilhando as suas filosofias, ideias, e pontos de vista para no fundo fazer a vida das pessoas que constituem a sua audiência um pouco melhor.

Mas isto não significa que deva publicar exatamente o mesmo conteúdo em todas as plataformas…

Cada plataforma é diferente e tem objetivos diferentes.

Antes de publicar em todo o lado, precisa de aprender e perceber cada plataforma.

Se fizer isto da forma errada, não estará a aproveitar todo o potencial do inbound marketing…

Não se trata de criar uma peça de conteúdo e espalhar por todas as redes sociais com o mesmo texto.

Isso é o que a vasta maioria das empresas fazem, pelo que lembre-se do mantra: “quando os outros fazem zig, você faz zag”!

Se interagir com as pessoas de forma nativa e customizada em cada uma das plataformas, irá colher os frutos do poder do inbound marketing.

Exemplos de Inbound Marketing Feito Corretamente

Para usarmos um exemplo simples, vejamos o caso de partilha de imagens.

Uma imagem no Instagram deve ser optimizada para o formato de um quadrado perfeito, para que se enquadre no design da plataforma.

No Pinterest, a imagem deve ser alta e fina para se ajustar ao formato da plataforma e às preferências dos utilizadores.

No Facebook a imagem é larga e menos alta, tal como se fosse um ecrã de televisão. Portanto, neste caso iríamos criar uma nova imagem exclusivamente para a plataforma.

A imagem pode ter exatamente as mesmas componentes… mas devemos criar versões diferentes e ajustá-las a cada uma das plataformas.

A ideia principal aqui é a necessidade de ajustar sempre o conteúdo que cria à plataforma em que vai publicar.

Imagine que publica um artigo no seu blog.

Todas as imagens criadas para esse artigo, serão recriadas para cada uma das plataformas…

E serão publicadas nativamente em cada plataforma, atraíndo (inbound) os utilizadores para o seu website.

Percebendo o Conceito de “Tempo de Vida Útil”

Se ler o conteúdo deste blog, irá perceber que falo bastante sobre marketing de conteúdo e optimização para motores de busca.

E há uma razão para isso:

O “tempo de vida útil” do conteúdo que publica.

Quando publica algo no Facebook ou Instagram, o tempo de vida útil desse post é bastante reduzido: na maior parte dos casos menos de 2 dias.

No entanto, se realmente se dedicar a criar um artigo de blog detalhado, de qualidade e que de facto acrescente valor à sua audiência…

(e fazendo uma pesquisa de palavras-chave detalhada)...

Esse artigo pode gerar tráfego vindo do Google durante anos e anos.

Por outro lado, se publicar um vídeo de igual qualidade e optimização, poderá receber milhares de views durante anos e anos…

E consequentemente tráfego vindo do YouTube por longos períodos de tempo.

Já deve ter reparado no padrão aqui…

O que tem o Google e YouTube em comum?

Pois bem, ambos são motores de busca (dica!).

​Percebendo o Timing de Cada Rede Social

As redes sociais vão e vêm.

Existe um padrão que acontece sempre, e que irá sempre acontecer:

Uma rede social aparece, começa a ter sucesso e a atrair utilizadores, e os marketers podem ter um alcance incrível apenas com posts orgânicos.

Nessa altura o mercado de atenção é extremamente atrativo, e o potencial é imenso devido ao facto de estar desvalorizado.

Não há melhor altura para investir em publicidade paga para captar toda a atenção possível enquanto ainda compensa.

No entanto, a partir do momento em que as empresas entram em massa na rede social e aumentam o “leilão” do preço por clique…

O alcance orgânico da rede social começa a ficar cada vez mais reduzido, e a publicidade começa a dominar…

E quando as multinacionais entram no “leilão”, o mercado fica sobrevalorizado e menos atrativo tanto para pequenas e médias empresas...

Como para muitos utilizadores que partem para outras redes sociais.

Portanto, qual é o segredo aqui?

Entender onde a atenção da sua audiência está a começar a convergir…

E aproveitar ao máximo enquanto essa atenção está desvalorizada!

Publicando conteúdo em massa, e duplicando o investimento publicitário enquanto o “leilão” é extremamente baixo.

Exemplo de Sequência de Interações de Inbound Marketing

inbound marketing, inbound marketing o que é, marketing inbound, inbound marketing portugal, inbound de marketing, inbound marketing exemplos, inbound marketing significado, inbound marketing vs outbound marketing

Peguemos de novo no exemplo de criação de artigo de blog.

Através da criação de um artigo você estará a alavancar o poder do tráfego orgânico nos motores de busca.

A maior parte das pessoas confiam no Google para lhes dar as respostas às suas perguntas mais prementes.

Pesquisam por problemas ou soluções…

E essas pessoas confiam nos resultados que aparecem no topo dos resultados de pesquisa.

Você tira o benefício dessa relação de confiança quando as pessoas clicam no seu link, e torna-se num parceiro do motor de busca.

Neste exemplo, essa será a primeira interação que a pessoa tem com a sua marca.

Mas apenas isso não chega...

Já ouviu falar da analogia de vendas em que é preciso 7 interações para se concretizar uma venda?

Precisa de manter o contato com as pessoas e dar sequência à relação…

Imagine então que essas pessoas começam no Google.

Pesquisam por uma frase, encontram o seu link, e vão ter a um dos seus artigos de blog.

Interação número 1: Lêem o seu artigo.

O seu artigo inclui um dos seus vídeos. Clicam no vídeo e abrem o YouTube.

Interação número 2: vêm o seu vídeo e pensam “wow, isto é realmente bom”.

Interação número 3: vêm outro vídeo seu no YouTube.

Interação número 4: no final do vídeo vêm que tipo de links de redes sociais tem na descrição, e clicam na sua página de Facebook.

Interação número 5: vêm a sua página de Facebook e pensam “wow, gosto mesmo disto”. Clicam em “Gosto” na sua página.

Interação número 6: vêm um link na sua página de Facebook sobre um novo artigo do seu blog, e clicam porque é relevante.

A este ponto estão de volta ao seu website.

Repare: num processo de 5 ou 1o minutos teve a oportunidade de ter 6 interações em diferentes plataformas.

Em plataformas que as pessoas confiam…

E agora confiam em si!

Algo mágico acontece nesta fase. As pessoas imergem com o seu conteúdo.

E quando entram na sua lista de emails, a relação evolui para um estado ainda mais profundo através de autoresponders e newsletters diárias…

Fazendo com que as pessoas se sintam identificadas com a sua marca, sintam rapport e proximidade.

​Esteja Presente Onde A Sua Audiência Congrega

inbound marketing, inbound marketing o que é, marketing inbound, inbound marketing portugal, inbound de marketing, inbound marketing exemplos, inbound marketing significado, inbound marketing vs outbound marketing

Estar presente onde a sua audiência está é essencial.

A sua audiência irá deparar-se com a sua marca porque você está presente onde ela está.

Esta irá interagir com o seu conteúdo, absorver as suas teorias e filosofias…

E irá começar a confiar em si.

Este caminho de múltiplas interações é feito para que quando avance para a venda, a sua audiência responda positivamente…

Uma vez que já acrescentou bastante valor, as pessoas estarão muito mais preparadas para tomar decisões rentáveis para a sua empresa.

Mas lembre-se:

Comece com uma plataforma, domine-a.

Depois, passe para a segunda plataforma, sem esquecer de continuar a criar conteúdo na primeira.

Domine ambas, e comece a aprender sobre a terceira plataforma.

E continue até escalar e estabelecer-se nas 5-6 plataformas onde a sua audiência passa mais tempo...

Mas não pare por aí!

Continue a aprender e a observar a sua audiência.

Onde irão congregar nos próximos 2-3 anos?

Quais as tendências mais promissoras?

E ataque-as logo de início, enquanto a atenção está desvalorizada.

Um abraço,

-Tiago “inbound é o caminho” Faria

About the Author Tiago

O Tiago ajuda empreendedores a criar negócios bem sucedidos, sustentáveis e gratificantes para si, para as suas famílias e para as suas comunidades. Depois de 8 anos a trabalhar na Google em Dublin, este blog é o resultado de anos de experimentação e aprendizagem nas áreas de criação de conteúdo, SEO, copywriting, publicidade e conversões online.

follow me on:

Leave a Comment: